18 de nov de 2011

Namoro a distância!

Hoje dei uma passadinha no blog da Bruna Vieira, o Depois dos Quinze,e o texto de hoje era sobre Namoro a Distância, e me deu um agonia ver a aflição que ela está sentindo em ter que ficar alguns bons quilômetros longe do namorado; é o seguinte ele mora numa cidadezinha do interior de MG e no ano que vem ela vai se mudar pra SP, e está vivendo aquele dilema: namorar a distância ou terminar e ser apenas amigos?

Porque eu estou contando isso? Bom porque me fez lembrar da nossa história ( minha e do Rafa )! E foi a época mais sofrida da minha vida até hoje, por isso me coloquei no lugar da Bruninha, porque sei que não vai ser fácil, eu me lembro de tudo como se fosse ontem…

Imagine você uma menina cheia de vida, querendo experimentar de tudo e viver milhões de coisas aos seus 16 anos, que sentia-se livre para falar tudo o que pensava, se expressava dançando no quarto ou fazendo desenhos, não tinha noção nenhuma do qual profissão seguir pois tinha vontade de cada hora fazer uma coisa diferente, um tanto ousada e feliz, mas aos olhos da família nada disso existia , e sim uma adolescente rebelde!

Um dia cansada de ser vista dessa forma, ela realmente da uma de rebelde e desafia a todos, se mudando para o PR pra casa de um tio que ela nem conhecia, largou os amigos, a escola, e a família, sem saber o que a esperava!

Ela foi para outro estado, outra cultura, pessoas que não conhecia, e o destino lhe reservou uma grande surpresa: lá estava o AMOR DA SUA VIDA!

Dois meses foram suficientes para os dois se conhecerem se apaixonarem, e ter uma única certeza: era amor de verdade! Sim desde o momento em que se beijaram ela já sabia que ele era o amor de sua vida, mas mais uma vez a vida da uma reviravolta e ela é obrigada por sua família a voltar para SP, neste momento vivendo dias lindos ao lado da pessoa mais incrível que já tinha conhecido seu mundo caiu, pois nada podia fazer, naquele momento pensou em se matar, em fugir, enfim coisa de um coração apaixonado!

“Eu me lembro como se fosse ontem eu sozinha na rodoviária, mal conseguia respirar, uma tristeza sem tamanho, inconformada em ter de ir embora, eu estava tão feliz, foram 2 meses perfeitos, lá estava eu sentada me sentindo morta por dentro esperando o ônibus chegar, eu tinha dito ao Rafa que não aparecesse na rodoviária para não sofrermos ainda mais, mas eis que quando meu coração estava no auge da dor, vejo aquele rapaz moreno lindo de moletom, calça jeans, boné e all star se aproximando… era ele, não sabia se ficava feliz, ou se chorava ainda mais, pois era nosso último momento juntos!”

A garota veio embora “a força”, e aí sim teve muitos motivos para ficar revoltada, pois parece que só porque temos 16 anos, aos olhos dos “tais adultos” não sabemos o que queremos nem o que sentimos, claro que a menina achava injusto o fato de seus sentimentos se quer terem sido levados em conta, mas antes de entrar no ônibus ela lhe fez uma promessa: “- Eu vou voltar, eu juro que vou.”

E assim o fez, passaram 5 anos, sim 5 anos amigas, tem noção? Por que a menina demorou tanto? Nem ela sabe ao certo dizer, mas foram várias circunstâncias, terminar os estudos, trabalhar, amadurecer, mas o amor sempre esteve em seu coração, o rapaz moreno lindo nunca saiu de sua cabeça um dia se quer, por um ano ela mandou cartas para ele, escrevia uma por dia, para que ele sempre esteve sabendo tudo o que lhe acontecia; aos poucos foram perdendo contato, não podiam se telefonar, pois as ligações eram muito caras, mesmo assim ele continuava presente em seu coração!

Até que se encontram na internet depois de cinco anos, com vidas mudadas, cheios de novidades um para o outro, cheios de receios, relembrando tudo que viveram, e passaram a se comunicar todos os dias desde então, até que ela decide, exato ELA decide, ir atrás dele onde estivesse ( que no caso estava a trabalho na Bahia, emas em 8/2009 ele decide voltar ao PR e ela aproveita para correr até ele, novamente larga tudo, sem nem pestanejar, tenta vender as coisas de mais valor para pagar a passagem e juntar um dinheiro, um 3 dias ela resolve tudo e está de volta ao PR , terra que lhe deu seu maior presente: o seu grande amor!

Eles estão casados a 2 anos 3 meses 2 semanas e 1 dia!!! Esta vocês já sabem é a minha história e do Rafa!! =D

Moral da história: bom quem já tiver vivido um relacionamento a distância vai concordar comigo, pois é muito muito muito duro e sofrido ter que ficar longe de quem se ama, seja pelo motivo que for, vai doer, a saudade vai quase te engolir, você vai chorar um bocado, vai ter um ciúmes fora do normal, mas não é impossível, pode ser que vocês acabem se afastando um pouco, mas se existe amor nada é mais forte, e Deus sempre estará protegendo este amor, mas você tem que lutar, e nunca desistir de quem se ama, claro se valer a pena né, e o sentimento for recíproco!

Nem sei se alguém vai ter coragem de ler este texto, senti que devia escrever e ponto! Amo muito vocês pessoal!

Beijinhos

Um comentário :

  1. Eu sofro até hoje!
    Meu marido trabalha um mês aqui em Recife, e outro mês em Fernando de Noronha.
    Isso já faz mais de 10 anos, mas já fazia uns 4 anos que ele não viajava. Eu quase que morro de tanta saudade... nossa filha teve um febrão emocional de quase 40 graus. É muito difícil ficar longe, de quem amamos chego a senti meu peito doer de tanta saudade dele.
    Mas esse foi o jeito que encontramos pra Realizar nossos Sonhos... ela quando viaja ganha mais, e só assim que dá pra quitar nossas dividas.
    Tenha um ótimo final de semana!bjão

    Realizando Sonhos...
    alessandra-soares.blogspot.com

    ResponderExcluir